27 de junho de 2008

Rocambole de Morango


Esta é minha primeira participação no Rei da Quinzena do Colher de Tacho. Fiquei super feliz ao ver que o morango, minha fruta favorita, foi escolhido desta vez. Muito apropriado, já que estamos na estação dos morangos e temos ao nosso dispor tantas receitas deliciosas.

Eu sempre tive o hábito de comer morangos ao natural, no máximo com um chantilly ou creme de leite por cima. Mas agora tenho tido o interesse de pesquisar outras formas criativas de utilizá-lo.


Eu sempre quiz fazer rocambole, mas sempre tive medo porque achava que não iria acertar. Resolvi encarar e tentar. Fiz e foi uma das experiências mais agradáveis que já tive na cozinha!

Tudo deu certo: Desde a escolha da receita para a massa e recheio, até a confecção e degustação, a melhor parte. A massa ficou fofissíma e o recheio um deleite. Fiz questão de fugir um pouco do esquema tradicional de se utilizar geléia como recheio e não me arrependi.

Para a massa utilizei a sugestão do livro Receitas Práticas com Morango de Cyanéa T. de Freitas da Editora Melhoramentos, que ganhei de presente da minha mãe há algum tempo. Para o receheio usei uma sugestão da revista americana Woman's Day.

Como somos só duas pessoas em casa o rocambole só durou dois dias e no segundo dia estava ainda mais gostoso e úmido. Mal acabou e meu marido já queria que eu fizesse outro. Em seguida terei que repetir a dose!


Ingredientes:

Massa:

6 ovos separados
6 colheres sopa de açúcar
6 colheres sopa de farinha de trigo peneiradas
1 pitada de sal (adicionei por conta às claras)
Açúcar de confeiteiro para polvilhar


Modo de Preparar:
1) Pre-aquecer o forno a 180ºC (350ºF).

2) Bater as claras em neve com uma 1 pitada de sal. Reservar.

3) Bater as gemas com o açúcar até obter uma mistura cremosa e esbranquiçada. Adicionar as claras em neve, misturando delicadamente.

4) Adicionar a farinha de trigo, misturando delicadamente sem bater.

5) Colocar a massa numa assadeira retangular de 25 X 35 cm (usei uma de 44 X 28,4 cm) bem untada com manteiga e forrada com papel vegetal também untado com manteiga.

6) Levar para assar até que a massa fique levemente dourada (para mim levou 12 minutos).

7) Retirar o massa do forno e desenformar sobre um pano de pratos polvilhado com açúcar. Remover delicadamente o papel vegetal. Espalhar uniformemente o recheio sobre a massa, deixando uma pequena borda de cada lado. Enrolar a massa firme e delicadamente com a ajuda do próprio pano de pratos. Deixar a extremidade voltada para baixo. Aparar com uma faca as extremidades do rocambole. Colocar o rocambole num prato de serviço e polvilhar com açúcar de confeiteiro. Manter refrigerado.

Recheio de Morango:

Ingredientes:

1 xícara de heavy whipping cream OU creme de leite sem soro
1/4 xícara (4 colheres sopa) de açúcar
180 g de morangos frescos, sendo a metade picado grosseiramente


Modo de Preparar:

Bater na batedeira, em velocidade alta, o creme, o açúcar e os morangos inteiros até formar um creme. Fora da batedeira, acrescentar o restante dos morangos e misturar sem bater. Utilizar.

Notas:
  • Passei as gemas por uma peneira para evitar um cheiro forte de ovos na massa.
  • O morango pode ser substituído por outras frutas a gosto.
  • Refrigerei o rocambole um pouco antes de ser servido para assentar o receheio.
  • O rocambole depois de pronto pode ser colocado dentro de um cano plástico, limpo e apenas utilizado para este fim, a fim de que fique perfeitamente redondo na hora de ser servido. Esta é uma dica da querida Nana do Manga com Pimenta.

26 de junho de 2008

Dia de Gato!


Como comentei no último post, Que Mimo!, uma das coisas que me encantam na vida é a Xuxa (eu digo Xuca, não gosto de Xuxa) e o Zorro, nossos gatinhos.

Quando conheci meu marido, o F., ele já os tinha. Ele adotou a Xuxa que andava perambulando sozinha sem amigos pelo condomínio onde ele morava. Dai, num belo dia, sem que ele tivesse a menor pista, em abril de 1997, ela ganhou 4 gatinhos: O Mickey, o Zorro, a Pocahontas e a Cinderela.

O Mickey e a Pocahontas logo foram adotados por 2 famílias, mas os outros três acabaram ficando na casa, depois de algumas tentativas frustradas para serem adotados. O F. gostaria que eles fossem adotados, pois o apartamento onde residia era pequeno e preferia que eles tivessem a chance de morar num lugar mais espaçoso.

Eu nunca conheci pessoalmente os que foram adotados, só os outros, com os quais venho convivendo até hoje. Eles nos fazem compania, nos dão seu amor e carinho incondicionais e nós gostamos muito deles.



Cinderela
01.04.1997 - 09.02.2005

A Cinderela já não se encontra mais entre nós. Ela foi para o Céu dos Gatinhos em fevereiro de 2005. Nos deixou de repente... Ela tinha um problema no coração, díficil de ser detectado, e nunca pode ser tratada devidamente, embora aparentasse excelente saúde. Era a grande favorita do F. Tinha uma personalidade forte, era vaidosa e reclamona. O pelo era de seda.


Zorro

O Zorro é meu grande companheiro, adoro ele. É muito inteligente. Sempre digo a ele que ele é o gato mais lindo do mundo e ele fica muito feliz. Cantamos para ele e ele fica todo bobo. É muito mimado... Segundo o F. ele é o meu grande "protegido".

Sempre foi gordinho e comilão, mas agora sofre do fígado e do coração e está mais magrinho. Ele toma muitos remédios diariamente e vai freqüentemente ao veterinário. Fazemos o possível para que ele tenha uma vida o mais confortável e feliz possível.


Meu Super Star

video




Xuxa

A Xuxa (Xuca) é uma mãezona, até hoje cuida do Zorro. Ela é inteligente, meiga, carinhosa e dócil, mas se fica braba pode arranhar. É danada! É minha grande companheirinha também. De manhã, depois que lenvantamos, ela me segue por toda parte incansável. Ela gosta de um colinho também.

Minha Super Star

video


Bem, esta é a história dos nossos amiguinhos. Espero que tenham gostado!




25 de junho de 2008

Que Mimo!

Acabo de receber este gracioso Mimo da minha querida amiga Anita, do Blog Encantado Receitas Uruguai-Brasil.

Obrigada amiga pela sua lembrança e carinho. Eu adorei!



A brincadeira deste, segundo ela, é assim...

Devo descrever três coisas que me encantem muito...

Muitas coisas me encantam, mas devo citar três:

1) Criar. Eu preciso fazer coisas criativas, senão eu morro!

2) Viajar. Adoro ver a vida e o mundo lá fora. Só lamento que, hoje em dia, esteja tão complicado.

3) Xuxa e Zorro, nossos gatinhos, mãe e filho. O amor e carinho incondiconal deles.


E indicá-lo a três Blogs de pessoas amigas...

As amigas aumentam a cada dia e é sempre díficil pinçar alguém. Todas são queridas.

Em ordem alfabética escolho:




Nani do Manjar de idéias doces... e não só!


Quem não foi citada receba igualmente meu carinho.
Beijocas a todas!




24 de junho de 2008

Como se pesar corretamente!

Finalmente descobri como me pesar!


"Eu não consigo acreditar que eu estava fazendo errado todos estes anos! Tenho que avisar todo mundo!!!"

Eu não resisiti a tentação e tive que dividir com vocês esta piadinha muito bem bolada que me foi enviada pela minha querida amiga K. do Brasil.

Obrigada amiga pelo bom humor! Acho que vou tentar deste jeito da próxima vez que for me pesar! Hehehe...




22 de junho de 2008

Pavê de Abacaxi com Côco


Verão é uma época deliciosa para se tirar partido das sobremesas geladas e refrescantes. Aqui adoramos pavês e não dura muito na geladeira para contar história.


Tentando fugir do meu pavê tradicional, elaborei esta receita baseada numa receita antiga de Pavê de Morangos. Resolvi substituir os morangos pelo abacaxi e côco e gostei muito do resultado que obtive.

Pensando na minha balança e na de muitos desenvolvi também uma versão diet para aqueles dias em que prefiro pegar leve. Adorei, pois o pavê ficou úmido e saboroso mesmo sem açúcar.

Com esta receita, como muitos devem saber, concorri no Concurso Bemcomer e pelos comentários que recebi foi bem aceita. Parece ser de agrado geral a combinação de abacaxi com côco. Que bom!

Na versão original se utiliza biscoitos champanhe, mas eu preferi usar bolo em cubinhos, pois aqui onde moro nem sempre consigo encontrar este tipo de biscoito, dai não preciso me privar de fazer o pavê se eu desejar.

O creme amarelo tinha leite condensado, mas eu preferi eliminar para obter um creme mais leve e no qual eu pudesse controlar a quantidade de açúcar adicionado. Açúcar é bom, mas em excesso mascara o paladar natural dos alimentos.

A receita do Bolo de Côco já havia sido publicada como sugestão anteriormente aqui.

Ingredientes:


Creme Amarelo
Bolo de Côco cortado em cubos
1 lata grande de abacaxi em calda em cubos (uso sem açúcar)
Creme Chantilly da sua preferência
Côco ralado fresco ou seco rehidratado*

Creme Amarelo:

Ingredientes:
2 xícaras de leite comum OU desnatado
2 gemas passadas pela peneira
1/3 xícara de açúcar OU 4 colheres (sopa) de adoçante Splenda (Sucralose)
3 colheres (sopa) de maisena
1 pitada de sal
2 colheres (chá) de essência de baunilha

Modo de Preparar:
Colocar todos os ingredientes numa panela, exceto a baunilha e cozinhar em fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar. Retirar do fogo e acrescentar a baunilha. Passar pela peneira e empregar.
Rendimento: 2 xícaras
Bolo de Côco: 

Ingredientes:

2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de açúcar (uso 2/3 xícara) OU 4 colheres (sopa) de adoçante Splenda (Sucralose)
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 pitada de sal
1 ovo ligeiramente batido
4 colheres (sopa) de manteiga comum OU light derretida
1 colher (chá) de essência de côco
1 xícara de leite de côco comum OU light


Modo de Preparar:


Colocar todos os ingredientes secos numa vasilha e misturar bem. Adicionar os ingredientes úmidos um de cada vez e ir misturando, sendo por último o leite de côco. Levar para assar em forma untada e enfarinhada, em forno pré-aquecido, a 190ºC (375ºF), por 30 minutos ou até ficar bem dourado.



Modo de Preparar o Pavê:

Montar o Pavê num pirex quadrado de 20 cm de lado, obedecendo a seguinte ordem:

1 xícara de Creme Amarelo
Cubos de Bolo de Côco
1 xícara de Creme Amarelo
Abacaxi em Cubos
Chantilly
Polvilhar com côco ralado fresco

Levar para gelar e servir no dia seguinte.
Nota:
Para cada xícara de côco ralado seco colocar 10 colheres sopa de água morna para rehidratar o côco.

20 de junho de 2008

Sorte em dose dupla!


A querida Iliane do Blog Encantado Cozinha da Iliane me enviou este belo selo de boa sorte.

O delicado selo foi criado por Elba, inspirado no número sete. Possui sete cores e deve ser enviado para sete pessoas, que passarão para outras sete... e também tem um link para o site da Camapanha da Mamografia Digital Gratuita.

Como já recebi anteriormente da querida amiga Nadia Lamas do Blog Encantado Vieiras e Trufas, dedico este a todas às amigas que vierem me visitar. Conto com vocês para clicarem no selinho e ajudar nesta linda campanha para o Cancer de Mama.

Obrigada querida Eliane pela lembrança! Eu adorei!

Boa sorte a todas!!




16 de junho de 2008

Salada de Arroz e Manga


Para os dias quentes que já estão ai nos castigando nada mais gostoso que uma salada caprichada. Esta sugestão é da revista Cooking Light, minha publicação favorita.

É ideal para acompanhar grelhados, mas por si só, para mim, já constitui uma refeição completa. Quem preferir um sabor mais pronunciado pode usar arroz do tipo Basmati ou de Jasmim.

Sempre que encontro mangas fresquinhas não deixo passar, compro e faço esta salada, que além de deliciosa, ainda tem um ar de festa!


Ingredientes:

2 xícaras de água
2/3 xícara de leite de côco light
1 1/4 xícara de arroz branco cru
3/4 xícara de cenoura ralada
2 xícaras de manga em cubos (2 unidades)
1 1/2 xícara de pimentão vermelho picado (uso 1/2 xícara)
1/2 xícara de cebolinha verde em fatias
1 colher sopa de coentro fresco picado (não uso)
1 colher sopa de salsinha fresca picada
2 colheres sopa de suco de limão tahiti fresco
1/2 colher chá de sal
Ramos de coentro, opcional (não uso)

Modo de Preparar:

Numa panela média colocar a água e o leite de côco e deixar ferver. Adicionar o arroz. Cubrir, reduzir o fogo e deixar cozinhar por 15 minutos ou até que todo o líquido tenha sido absorvido. Adicionar a cenoura e os próximos 7 ingredientes (até o sal). Mexa delicadamente para combinar os ingredientes. Servir e enfeitar com ramos de coentro, se desejar.

Rendimento: 6 porções de 1 xícara


15 de junho de 2008

Resultado do Concurso Bemcomer

 
N C U R S O   B E M O M E R

Hoje pela manhã saiu o resultado do Concurso Bemcomer do culinarista Mauro Rebelo. Infelizmente não fui a vencedora. Fiquei em quarto lugar num total de dez. Obtive 1168 votos. Nada mal, não é mesmo?

Aproveito para parabenizar a minha querida amiga Miriam do Blog Encantado Miriam Gonzalez que foi a primeira colocada com sua Torta Martha Rocha.

Parabéns amiga e faça ótimo proveito do seu prêmio. E não esqueça de dividir conosco as novas receitas!

Minha próxima receita doce será a postagem da receita com a qual concorri no concurso: Pavê de Abacaxi com Côco. Aguardem!

Beijos a todos!

12 de junho de 2008

Do lado da sorte!


A querida Nadia Lamas do Blog Encantado Vieiras e Trufas me enviou um selo de boa sorte, criada por Elba, uma amiga dela, por sinal muito talentosa e criativa.

O delicado selo foi inspirado no número sete. Possui sete cores e deve ser enviado para sete pessoas, que passarão para outras sete... e também tem um link para o site da Camapanha da Mamografia Digital Gratuita.

Muito obrigada Nadia! Eu que adoro Artes, amei esta delicadeza, ainda mais com uma causa tão nobre!

Eu escolhi, em ordem alfabética, as queridas amigas:

Andrea - Dia de Domingas

Anita - Uruguay-Brasil

Cinara - Cinara's Place

Edinha - O Prazer dos Sabores

Filipa - Receitas da Filipa

Guida - O sorriso de uma vida

Leila - Delishville


Não deixem de participar, clicando no link, a fim de ajudar esta causa tão merecedora de nossa atenção!

Boa sorte a todas!!




9 de junho de 2008

Parfait


Com a chegada do verão nada como um delicioso Parfait para matar aquela fominha gostosa seja a hora que for.

Parfait, como todos sabem, significa perfeito em Francês. E nada mais perfeito que um Parfait fresquinho, feito na hora. É uma receita informal e versátil e que permite que se dê asas a imaginação, fazendo-se as combinações mais variadas. O seu desejo é que manda!

Normalmente se constitui de:

* Frutas picadas

* Sorvete, creme ou iogurte

* Pedaços de biscoito ou cubinhos de bolo

Pode-se utilizar diferentes tipos de copos para montá-los. Tudo depende da ocasião e do efeito que se quer causar. As tacinhas de champanhe ou copos de vinho dão um look mais sofisticado. Já copos de modelos mais simples criam um look informal, super adequados a um pic-nic, por exemplo. Eu, metidérrima, como diria minha amiga M., prefiro as taças de champanhe ou copos de vinho, hehe...

É importante não esquecer que se deve, de preferência, montar os Parfaits apenas na hora de servir. Pode-se já deixar tudo a postos para facilitar. Dai na hora fica mais fácil e não dá trabalho. Pode-se colocar os copos no freezer ou geladeira antes de montar os Parfaits, a fim de que fiquem com uma aparência impecável ao serem servidos.

Nesta sugestão utilizei:

* Morangos e kiwis picados

* Creme de iogurte e ricota.

* Biscoitos de aveia com passas. Receita aqui.


Creme de Iogurte e Ricota:

Ingredientes:

1 pote de iogurte natural desnatado
1 1/2 xícara de ricota lowfat
2 colheres sopa de açúcar OU adoçante Splenda (Sucralose)


Modo de Preparar:

Bater os ingredientes no liquificador e servir.

Este creme de iogurte e ricota é tão saboroso que também gosto de serví-lo apenas com frutas picadas .




Usei a receita que vai no Bolo de Morango Diet que publiquei em outra data. Receita aqui.

Bom apetite!



3 de junho de 2008

Pimentão Recheado (PAP)


Nós gostamos muito de pimentão recheado e faço com bastante freqüência. Gosto de utilizar pimentão verde recheado com guisado de frango. Ocasionalmente, para variar, acrescento algum legume para variar e dar um colorido bonito. Neste exemplo usei milho.

Normalmente cada metade constitui uma porção, já que sirvo com outros acompanhamentos. Neste exemplo servi com arroz integral e cenouras cozidas no vapor.

Cada 1/2 Kg de carne dá para rechear 3 pimentões ou 6 metades de tamanho médio.

Ingredientes:

Pimentões Verde
Guisado de Carne de Frango preparado a gosto
Queijo ralado para polvilhar


Modo de Preparar:

1) Lavar os pimentões, cortar ao meio e remover cuidadosamente as sementes e menbranas com uma faquinha afiada. Cuidar para não furar o pimentão com a ponta da faca.


2) Cozinhar os pimentões no vapor por cerca de 10 minutos ou até ficarem macios.


3) Depois de cozidos, colocar num prato refratário.


4) Rechear com o guisado e polvilhar com o queijo ralado.


5) Levar para gratinar em forno médio, pré-aquecido até o queijo derreter. Servir.


Bom apetite!



1 de junho de 2008

Lime or Lemon?


Hoje gostaria de passar uma pequena dica para as amigas rescém-chegadas aqui nos Estados Unidos. Para as que já conhecem o produto, divido a experiência.

Eu gosto de ter na geladeira estas garrafinhas com suco concentrado de Limão Tahiti e Siciliano. Claro que o suco natural é muito melhor e mais nutritivo, mas é um quebra-galho no caso de não ter a fruta em casa. Cada bisnaguinha equivale ao suco de 3 limões, tem um prazo de validade longo e é de baixo custo.

Tenham um bom início de semana!