5 de maio de 2009

Alergia ou Intolerância aos Alimentos


Se você ou alguém da sua família tem alergia a algum tipo de alimento, é natural que se preocupe com os alimentos que vai comprar. É importante que se mantenha bem informado e preste atenção nos artigos que vai colocar na sua cesta de compras.

Quando eu era criança, era absolutamente alérgica a açúcar, chocolate, côco, mostarda e sardinha, entre outros alimentos, que já nem me recordo mais. Era só comer e ficar com o corpo todo pintado de alergias. Me arrepio só de me lembrar. Se não comesse os alimentos causadores do processo alérgico não tinha problema, mas nem sempre eu queria deixar de comer e acaba sofrendo as conseqüências

Depois de adulta, felizmente superei o problema de alergia alimentar. A única que restou foi a respiratória, que também sempre tive desde criança. De fevereiro a maio tenho que tomar uma medicação para suportar a alergia causada pelas flores e plantas, o que é muito comum a todos os que vivem aqui nos Estados Unidos. Se não fosse esta medicação seria um tormento viver nestes meses.

Estas informações retirei de um panfleto distribuído pelos Supermercados Publix, o qual freqüento ocasionalmente. Achei bastante útil e quiz dividir com todos que se interessam pelo assunto.


Alergia ou Intolerância aos Alimentos?

Alergia aos alimentos ocorre quando o sistema imunológico cria anticorpos que reagem com certos tipos de proteínas. O corpo, então, libera histamina e outros químicos, causando os sintomas de uma reação alérgica.

Os sintomas variam desde uma sensação de formigamento na boca, alergias sobre a pele, dores abdominais e diarréia até a dificuldade de respirar, vômitos, inchaço da língua e garganta, queda de pressão, perda de consciência ou mesmo óbito.

Intolerância aos alimentos é uma reação adversa à comida que não envolve o sistema imunológico. A intolerância à lactose é um exemplo. Uma pessoa que tem intolerância à lactose não possui no organismo a enzima necessária a digestão do açúcar contido no leite. Desenvolverão sintomas como gases, inchaço e dores abdominais quando ingerirem produtos à base de leite.


Quais os alimentos que causam alergias?

Mais de 12 milhões de americanos, a maior parte deles crianças, sofrem de alergias aos alimentos. Não há cura. O único jeito de lidar com estas alergias é evitar comer o alimento que causa a reação alérgica.

Dentre os alimentos mais responsáveis por todos os tipos de alergias, oito deles, infelizmente estão presentes em uma série de produtos:


Amendoim

Incluindo manteiga de amendoim e farinha de amendoim



Tipos de Frutas Secas

Tais como amendoa, noz, noz-pecan, avelã, cajú, castanha, pistache, pinhão e macadamia.





Produtos derivados do Leite


Tais como soro de leite, caseina, iogurte, queijo, sorvete e manteiga.






Ovos

Claras, gemas e albumina.






Soja

Proteina vegetal texturizada (PVT), tofu e molho de soja.





Trigo

Tais como farelo, germe, glúten e farinha





Frutos do Mar


Lagosta, siri, camarão-de-água-doce, ostra, marisco e camarão.




Peixe

Todas as espécies são potencialmente alergênicas.





O que é Cross-Contact ou Contaminação Cruzada?

Ocorre quando um alimento entra em contato com o outro e suas proteinas se misturam, mesmo sendo invisível ao olho nu. Infelizmente, mesmo uma pequena quantidade destas proteínas podem causar uma reação alérgica.


Como as etiquetas dos produtos podem ajudar?

Ler os ingredientes nas etiquetas dos produtos, antes de comprá-los, é uma das melhores maneiras de se previnir as reações alérgicas.

As etiquetas dos alimentos listam o peso dos ingredientes, da maior a menor quantidade. Você deveria consultar uma nutricionista para ajudá-lo a compreender a linguagem utilizada, na medida em que alguns ingredientes listados podem ser variacões dos alergênicos que você está tentando evitar na sua alimentação.

O FDA (Food and Drug Administration) exige que os ingredientes derivados de um alimento altamente alergênico faça parte da lista dos ingredientes de um produto, sendo citado de maneira bem clara.

Por exemplo: Whey (milk) = Soro de Leite (leite)

Podem também aparecer no final da lista dos ingredientes, precedidos da palavra Contains (Contém).

Por exemplo: Contains milk (Contém leite)


O que mais fazer para evitar alergênicos?

Há coisas que você pode fazer para se proteger e proteger seus familiares contra alergias:
  • Consulte um médico ou nutricionista.
Eles podem ajudá-lo a compreender as etiquetas dos produtos, alertá-lo sobre os riscos de comprar alimentos prontos e também ajudá-lo a planejar a sua lista de compras.
  • Compre alimentos crus para serem preparados em casa.

  • Quando comprar alimentos prontos, escolha os que são embalados separadamente e que contenham a lista dos ingredientes na embalagem.

Como deu para perceber, todo o cuidado é pouco em se tratando de alergias. Não custa nada se manter bem informado e ficar alerta, poisa a nossa saúde e a de nossa família é priceless.

Se cuidem!


Fotos: Stock Photography



20 comentários:

*-._.-* Anita *-._.-* disse...

Mais um post de dar gosto de ler... Muito bem explicado e a sua preocupação em passar isto para os demais demonstra a bondade que tu tens...

Sim, alergias são coisas a nos preocupar mesmo... porque como diz meu pai, depois que colocamos pra dentro, reverter o resultado é dificil... Mais facil quando sabemos a causa da alergia, mas quando não...aí pode morar o perigo!

Minha irmã é tão alérgica a frutos do mar (todos), principalmente camarão... a tal ponto de sentir o cheiro e começar as reações de alérgia. Uma vez, na casa de uma tia, apenas pelo cheiro do cozimento, teve um início de fechamento de traquéia, quase não podia respirar. Foi hospital direto! Parece brincadeira, mas é horrivel ver alguém sem respirar e tu não poder fazer nada... :(

Então lá em casa, quando se trata destes pratos, tem de pensar muito pela alergia dela... A confecção é feita só quando ela não está e a avisamos de tudo que tem na mesa.

Por isto te digo, excelente postagem!

bjssssssssssssssssssssss

Ps>: Hoje foi um jornal... :)

Magia na Cozinha disse...

Obrigada amiga! Que bom que foi útil para vc.
É compridinho, mas vale conferir.
Minha avó tb é super alérgica a coisas do mar. Só de ficar perto destes alimentos as mãos dela começam a ficar inchadas.
Só quem sofre deste problema sabe o quanto é díficil.
Bjs e obrigada pelo carinho :)

Mari disse...

Clau querida,

Estou retornando à blogosfera, depois de ter deletado meu antigo blog... =D
Não aguentei de saudade!!
Já te linkei por lá, pois esse cantinho maravilhoso não poderia faltar, dentre os meus amigos!!
Adorei este post... sabe que a Isa, qdo pqna, teve alergia a corante e conservantes? Qualquer alimento que contivesse corante ou conservante, ela ficava toda empipocada, se coçando... uma judiação... com o tempo, graças a Deus, passou!!
Bjo grande, e mta saudade

Mari

Magia na Cozinha disse...

Bem-vinda à blogosfera de novo Mari!
Obrigada pelo carinho! Assim que der, passo lá para conhecer o novo blog.
Parece que algumas alergias atacam as pessoas mais quando são crianças. Era o que acontecia comigo e era terrível, pq criança não entende direito, quer comer as coisas.
Ainda bem que o caso dela tb melhorou!
Bjs :)

leonor disse...

Olá Cláudia!:)

Dei essa matéria este ano em nutrição e foi uma das perguntas do meu exame final...a dierença entre alergia e intolerância alimentar! eheheh :)

Acho super interessante que passe este tipo de informação porque a maioria das pessoas desconhece e pode ser bastante útil para detectar certos problemas !:)

Ah! Cross-contact em português seria o mesmo que contaminação cruzada!...

Beijinhos!

Magia na Cozinha disse...

Que coincidência Leonor!
Achei muito interessante, me ajudou a entender meu próprio problema.
Obrigada quanto a dica da tradução do "cross-contacto". Eu não traduzi, pq não sabia qual era o termo normalmente utilizado.
Bjs :)

Gina disse...

Cláudia, meu filho tem alergia a abacaxi. Ele fica mal mesmo, já foi parar em hospital.
É importante saber dessas coisas, é muito sério.
Bom post.
Bjs.

Magia na Cozinha disse...

Obrigada Gina!
É a primeira vez que ouço falar que alguém é alérgico à abacaxi. Não é incrível? Eu adoro abacaxi, mas a cidez me machuca a boca, quando como.
Bjs :)

Anna disse...

Seu post foi ótimo,esclarecendo muita coisa. Parabéns!!

Magia na Cozinha disse...

Muito obrigada Anna!
Bjs :)

Letrícia disse...

Seu post foi muito esclarecedor, Cláudia. Eu não sabia a diferença entre alergia e intolerância a alimentos.

Beijos!

Cris disse...

Meu filho tem alergia à proteína do leite de vaca... é tão engraçadinho vê-lo recusando alimentos, 'não posso, tenho alergia', e ao mesmo tempo corta o coração, mas dá gosto ver a determinação dele diante de um chocolate ao leite, recusa sem reclamar.

Magia na Cozinha disse...

Que pena, não é mesmo? Tenho um priminho que nasceu com este problema tb, dai minha prima não pode amamentá-lo.
A gente tem que ter mesmo muito cuidado. Quem é alérgico sabe bem.
Bjs :)

Ada disse...

Estava pesquisando na internet algo que me explicasse as dores de estômago quando como abacaxi. Pois o abacaxi me provoca dores no estômago terríveis. Não tenho úlcera, nem gastrite. Consumo outras frutas ácidas e elas não me fazem mal. Para descobrir isto, demorei certo tempo, pois como era anjoada para comer, minha mãe achava que era frescura. Ovos crus, batidos em gemadas meu deus! São os dois alimentos que me fazem "rolar" de dor estômago. E é isso mesmo, apenas 1 pedacinho, aquele pedacinho que não consegui separar da salada de frutas, ou do sorvete... já é suficiente. Assim como as mousses que levam clara. Aprendi a conviver com isso.

Claudia Lima disse...

Ada espero que um dia a sua alergia possa melhorar. É um problema bastante desagrável e todo cuidado é pouco.
Eu já sofri muito tb. Felismente com o tempo aliviou um pouco.
Boa sorte e obrigada pela visita!
Bjs :)

Anônimo disse...

Ada, achava que só eu sentia dores comendo abacaxi. Fiz endoscopia e está tudo normal, mas qdo como um pedaço de abacaxi é como se diversas facas estivessem cortando o estômago por dentro por algumas horas. O médico simplesmente falou para não comer abacaxi.

Claudia Lima disse...

Sempre ouço muitas pessoas dizer que não podem comer abacaxi. Eu, felizmente, não tenho problemas.
Obrigada pela visita! :)

Nathalia disse...

Achei o blog pois estava pesquisando sobre o abacaxi. Quando era pequena, fui comer e não me lembro o que aconteceu, minha avó falou que eu era alérgica a abacaxi. Depois disso, se passaram mais de 28 anos e ontem fui comer, amei e não senti nada. Mas, hoje quando fui comer novamente, minha boca simplesmente ficou toda machucada, sinto dor até na gengiva. Parece que não posso comer mesmo.

Claudia Lima disse...

Nathalia que pena que vc é alergica ao abacaxi, já que é uma fruta tão saborosa.
Eu, infelizmente, tb sofria muito com alergias, quando era pequena.
Hoje em dia não posso mais comer certas frutas, mas desconfio que o problema seja os agrotóxicos que colocam nelas.
Se cuide!
Abraços! :)

juliete disse...

Não tinha problemas com abacaxi. Mas das últimas 3 vezes que eu comi. Passei muito mal, dores no estômago, vômito e até diarréia. Já fiz endoscópica e não tenho nada. Muito estranho! Achei o post bem esclarecedor.