21 de julho de 2014

Torta de Chocolate e Morango


Mais um ano de vida e nada como um saboroso Bolo de Chocolate para comemorar. Veio  daqui.

Esta receita é uma das melhores que já experimentei. Tem uma textura incrivelmente fofa. Nota 10!  

O bolo não leva ovos, mas não se assustem, é assim mesmo e dá super certo.  O que dá a liga no bolo é o vinagre, não omitam. 

Fiquei me questionando sobre a quantidade de água. Até escrevi para a Fer, pedindo que confirmasse.

Fiquei bastante contente com a textura do recheio/cobertura, além do que, foi muito fácil de fazer.

Quanto aos morangos, coloquei picados sobre a camada de recheio. Penso que chocolate e morangos fazem um casamento perfeito. Caso prefira, pode omitir.

A única coisa que não gostei e não recomendo é a flor de sal no final. Talvez eu tenha exagerado na dose. Mas ai é uma questão de gosto.


Ingredientes:

Massa:

3 xícaras de farinha de trigo
3/4 xícara de açúcar refinado
6 colheres sopa de cacau em pó sem açúcar
2 colhers chá de bicarbonato de sódio
1/2 colher chá de sal
3/4 xícara de azeite de oliva
2 colheres sopa de vinagre branco
1 colher sopa de essência de baunilha
2 xícaras de água fria


Recheio/ Cobertura:

1 xícara de açúcar
4 colheres de maisena
1 xícara de água fervente
2 quadrados(15 g) de chocolate sem açúcar (Kraft Baker's)
1/2 colher chá de sal
4 colheres de manteiga 
2 colheres chá de essência de baunilha
Morangos picados a gosto
Flor de Sal (opcional)


Modo de Preparar:

Massa:

Em uma vasilha grande misturar a farinha, o açúcar, o cacau, o bicarbonato e o sal. Adicionar o azeite, o vinagre, a essência de baunilha e a água. Misturar bem até obter uma massa homogênea. Despejar em 2 formas redondas de 23 cm (9 inches) forradas com papel manteiga, untadas e enfarinhadas. Assar em forno pré-aquecido a 180ºC (350º) por cerca de 30 minutos ou até passar no teste do palito. Esfriar sobre uma grade antes de remover da forma. Deixar esfriar completamente antes de rechear.


Recheio/ Cobertura:

Em uma panela colocar o açúcar, a maisena, a água, o chocolate e o sal. Misturar e cozinhar em fogo médio até a mistura engrossar. Retirar do fogo e acrescentar a manteiga e a essência de baunilha e misturar. Deixar esfriar antes de utilizar.


Montagem:

Em um prato de servir colocar uma camada de bolo. Cobrir com recheio/ cobertura o suficiente, salpicar com morangos e colocar mais um pouco de recheio/ cobertura por cima. Colocar a segunda camada de bolo. Cobrir todo o bolo com o restante do recheio/ cobertura. Salpicar com Flor de Sal, se desejar. Manter refrigerado. 

30 de junho de 2014

Nhoque de Espinafre e Ricota


Eu adoro a combinação de espinafre e ricota e esta receita da Akemi me inspirou fazer esta variação. 

O rendimento da receita vai depender do tamanho que você ficer as bolinhas.

Vale a pena conferir e acho que cai bem em qualquer estação!


Ingredientes:

130 g de batata cozida e amassada
130g de ricota (usei cremosa)
130 g  de espinafre cozido, espremido e picada
40 g de farinha de trigo
1 colher chá de margarina
1 ovo grande
Sal a gosto


Molho de Tomate:

Usar seu molho de tomate preferido.

Antes de assar


Modo de Preparar:


Colocar o molho de tomate no fundo de um prato refratário levemente untado com óleo. Reservar.


Numa vasilha misturar bem todos os ingredientes até formar uma massa homogênea. Fazer bolinhas com a ajuda de uma colher. Distribuir as bolinhas sobre o molho de tomate, mantendo um pequeno espaço entre elas.

Assar em forno pré-aquecido a 180ºC (350ºF) por cerca de 40 a 45 minutos ou até dourar levemente. Servir imediatamente.


E então? Deu água na boca? Espero que sim! :)

15 de junho de 2014

Mugunzá


Pensando nas Festas Juninas do Brasil, resolvi fazer Mugunzá para experimentar. Em geral, utilizo o milho branco, mas, desta vez, quiz experimentar com o milho amarelo.

Utilizei a receita de sempre, apenas trocando o milho branco pelo amarelo. Ficou saboroso, mas eu confesso que prefiro o paladar do milho branco. No entanto, foi válido para poder conferir a diferença.

Como eu não tenho panela de pressão, cozinhei o milho numa crockpot, panela de cozimento lento, por 2 1/2 horas, nível alto OU 5 horas, nível baixo. Leva menos tempo que o feijão. Na panela de pressão eu não sei dizer quanto tempo leva para a canjica ficar pronta.

Uma ótima receita para se espantar a fome e o frio, se for servido quentinho.


Ingredientes:

xícara medidora: 240 ml

1/2 Kg de milho amarelo para canjica
5 xícaras de leite
Açúcar a gosto
1 pau de canela
6 cravos
Canela para polvilhar


Modo de Preparar:

Escolher e lavar o milho. Colocar numa panela crockpot e cobrir com água, deixando livre cerca de 2 dedos da borda de cima da panela para evitar transbordamentos. Deixar de molho de um dia para o outro. Cozinhar o milho durante 2 1/2 h, nível alto OU 5 h, nível baixo ou até ficar macio. Escorrer a água.

Numa panela grande colocar o milho cozido, o leite, o açúcar e as especiarias para cozinhar em fogo médio, até que o leite fique na consistência desejada. Não deixar secar demais. Quando estiver pronto, apagar o fogo e colocar numa tigela. Servir quente ou gelado, polvilhando canela a gosto.

30 de maio de 2014

Sopa de Tortellini e Vegetais


Por aqui o calor está começando a apertar, mas numa noite mais fresca uma sopa como esta pode ser uma boa pedida. Eu, particularmente, adoro Tortellini em sopas e este é de queijo branco. Ficou uma sopa bem reconfortante!


Ingredientes:

Cebola picada a gosto
1 batata doce picada
2 batatas inglesas picadas
Cenoura cortada em rodelas a gosto
Sal a gosto
2 xícaras de caldo de vegetais
5 xícaras de caldo de frango
250 g de Tortellini 
1/2 abobrinha ralada


Modo de Preparar:

Em uma panela grande, em fogo médio, fritar a cebola em um fio de óleo. Acrescentar os vegetais, sal a gosto e deixar refogar por alguns minutos. Acrescentar o caldo de vegetais e de frango, misturar bem, baixar o fogo e cozinhar até que os vegetais se tornem levemente macios. Acrescentar o Tortellini e cozinhar até que esteja macio. Desligar o fogo, acrescentar a abobrinha ralada e acertar o sal. Servir em seguida.

16 de maio de 2014

Bolo de Baunilha com Chips de Canela


Finalmente encontrei Cinnamon Chips, chips de canela no supermercado. A primeira coisa que quiz fazer, foi este bolo. É simples, mas fica incrível com o toque da canela. Eu amei e vou repetir muitas vezes.

Google Images

Você pode usar qualquer receita de Bolo de Baunilha, basta acrescentar os chips e eis que você tem um bolo simples e saboroso para ser degustado em qualquer ocasião. Eu usei esta receita.


Ingredientes:

2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de açúcar refinado 
1 colher sopa de fermento em pó
1/2 colher chá de bicarbonato de sódio
2 colheres sopa de essência de baunilha
1/4 xícara de manteiga derretida
1 ovo ligeiramente batido
1 xícara de buttermilk
1/2 xícara de chips de canela


Modo de Preparar:

Numa vasilha grande peneirar todos os ingredientes secos e misturar. Adicionar o restantes dos ingredientes, um a um, misturando o suficiente apenas para tornar a massa homogênea. Colocar em uma forma untada e enfarinhada. Levar para assar em forno pré-aquecido a 190ºC (375ºF) por 30 minutos ou até que o bolo passe no teste do palito e esteja bem douradinho.

30 de abril de 2014

Bolo de Claras com Lime Curd e Morangos


Esta é daquelas receitas fáceis: Compra-se tudo pronto e é só montar. 

Aqui nos Estados Unidos o Bolo de Claras se chama Angel Food Cake e tem no supermercado a venda. Eu confesso que nunca fiz em casa, preferi ser prática. Ele já vem partido ao meio.

A única exceção foi o Lime Curd, que eu já tinha na geladeira e queria dar um fim.

O efeito visual é super bonito e o resultado final em termos de sabor é delicioso, mas é imperioso que os morangos estejam bem docinhos, pois o Lime Curd já é azedinho o sufciente.

Esta pode ser uma sugestão para o Dia das Mães que vem chegando ai. Antene-se!


Ingredientes:

1 Bolo de Claras
Morangos picados
Chantilly


Modo de Preparar:

Colocar  uma metade do Bolo de Claras em um prato de servir. Colocar uma camada de Lime Curd e salpicar com morangos. Colocar por cima a outra metade do bolo também barrada com Lime Curd. Por cima da segunda camada de bolo, colocar uma camada de chantilly. Salpicar com morangos. Levar para gelar até a hora de servir.

16 de abril de 2014

Picadinho de Frango


Uma receita ultra velha e bem conhecida de todos: O Picadinho. Sempre tenho carne de frango desfiada e gosto de fazer este prato, pois é rendoso e do tipo comfort food. Sirvo com arroz e algum legume verde. 

Caso você queira experimentar, pode substituir o arroz pelo seu tipo de massa preferido. Fica ainda melhor e é muito comum aqui nos Estados Unidos. Eu recomendo!

Me perdoem, mas não tenho uma receita exata, faço a olho mesmo.


Ingredientes:

Cebola picada
Alho picado
Frango cozido e desfiado
Molho de tomate
Milho
Ketchup
Sal e pimenta-do-reino
Creme de leite OU heavy cream


Modo de Preparar:

Em uma panela grande fritar a cebola e o alho em um fio de óleo. Acrescentar o frango e refogar. Acrescentar o molho de tomate e refogar mais um pouco. Acrescentar o milho, o ketchup, o sal e a pimenta. Mexer bem e refogar em fogo baixo até que o milho esteja macio e o molho encorpado. Apagar o fogo e acrescentar o creme de leite OU heavy cream até ficar no ponto desejado.

31 de março de 2014

Queijadinha


Esta é uma receita super fácil de ser feita. Ótima para correrias de última hora. Saborosa, mas extremamente doce, pelo menos para o meu paladar. De qualquer maneira, fica a sugestão para as formiguinhas de plantão. Veio daqui.

Ingredientes:

1 lata de leite condensado
2 gemas ligeiramente batidas
100 g de côco ralado
2 colheres sopa de queijo ralado


Modo de Preparar:

Colocar forminhas de papel em forminhas para cupcakes. Reservar. Em uma tigela misturar todos os ingredientes. Colocar nas forminhas preparadas. Levar ao forno pré-aquecido a 180ºC (350ºF), em banho-maria, por cerca de 30 minutos. O topo da queijadinha deve ficar douradinho e o miolo mais molinho. Remover do forno e deixar esfriar.

15 de março de 2014

Pumpernickel


O Pumpernickel é uma variação de Pão de Centeio, onde o sabor diferenciado é o resultado da combinação de ingredientes.

Por aqui encontra-se facilmente em qualquer supermercado, mas, de vez em quando, gosto de fazer em casa para me distrair.

Esta é mais uma sugestão que retirei do livro Artisan Bread in 5 Minutes a Day. Fiz meia receita.

Rendimento: 4 pães de 500 g. Pode ser dobrada ou divida.

xícara medidora: 240 ml

Ingredientes:

3 xícaras de água morna
1 1/2 colher sopa de fermento biológico granulado (2 pacotes de 7 g)
1 1/2 colher sopa de kosher salt ou outro sal grosso
2 colheres sopa de melado
1 1/2 colher sopa de cacau em pó
2 colheres chá café granulado instantanêo
1 1/2 colheres sopa de corante caramelo (não usei)
1 xícara de farinha de centeio
1/2 xícara de farinha de trigo integral
5 1/2 xícaras de farinha de trigo
Farinha de milho para polvilhar a forma



Modo de Preparar:

Misturar o fermento, o sal, o melado, o cacau, o café e corante com a água numa vasilha plástica grande, que tenha uma tampa simples, sem ser hemética. 

Misturar bem os ingredientes com uma colher. Adicionar as farinhas. Certificar-se de que não fique nenhum grumo seco de farinha. 

Deixar a massa repousar por duas horas em cima do balcão da cozinha, com a vasilha tampada. Ela vai dobrar de tamanho, por isso deve-se usar uma vasilha grande o suficiente para comportar o crescimento da massa.

Depois deste período utilizar a massa imediatamente ou guardar na geladeira, em uma vasilha tampada, por até 8 dias. Esta massa é mais fácil de ser moldada, quando está fria.

Modelar os pães no formato desejado, com as mãos molhadas. Manusear a massa o mínimo de tempo possível para evitar perder as bolhas de ar formadas pela fermentação. Confira no vídeo a maneira de moldar os pães. Colocar os pães moldados num tabuleiro polvilhado com farinha de milho. Deixar descansando por cerca de 40 minutos. Não precisa cobrir.

Vinte minutos antes de assar, ligar o forno e pré-aquecer a 200ºC (400ºF). Colocar uma vasilha com água dentro do forno para criar vapor enquanto o pão é assado.

Polvilhar os pães com um pouco de farinha e fazer cortes na massa com uma faca de serra, utilizando o padrão que preferir. Usei o padrão tic-tac.

Assar por 30 minutos ou até que os pães apresentem uma casca grossa, firme e douradinha. Esfriar os pães sobre uma grade.

28 de fevereiro de 2014

Arroz de China Pobre Amarelo


Adoro pratos únicos, feitos com arroz. São práticos, rápidos e quebram o maior galho se estamos com pressa. 

Esta é apenas uma variação desta outra receita. Omiti a massa de tomate e coloquei curcuma, a fim de deixar o arroz bem amarelinho.

Eu gosto da duas versões, mas prefiro esta, pois aprecio muito o paladar diferenciado da curcuma. Teste e escolha a sua favorita! :)



Ingredientes:

1 cebola média picada
1/2 pimentão grande picado
1 dente de alho grande picado
175 g de lingüiça de peru picada
1 1/2 xícara de arroz integral
1/2 colher chá de curcuma ou a gosto
5 xícaras de caldo de frango
1 pitada de sal
1 pitada de molho de pimenta picante
1 cenoura grande ralada no ralo grosso
Ovo duro picado (opcional)
Salsa picada (opcional)



Modo de Preparar:

Numa panela grande, em fogo médio, refogar a cebola, o alho e o pimentão em um pouco de óleo. Colocar a lingüiça e refogar. Colococar o arroz e a curcuma e refogar. Colocar o caldo de frango e  mexer bem. Temperar a gosto, tapar a panela, baixar o fogo e cozinhar por cerca de 40 minutos ou até que o caldo tenha sido quase todo absorvido e o arroz esteja macio. Colocar a cenoura, mexer bem e deixar mais alguns minutos para incorporar. Servir imediantamente, polvilhando com ovo duro e/ou salsinha, se desejar.