6 de março de 2009

Crisp de Goiabada

O desafio de Páscoa das meninas do Ragazze Brasiliane Nella Cucina Italiana já está ai e oferece uma grande variedade de possibilidades. Eu vou começar com uma receita doce que me lembra a minha mocidade: O Crisp de Goiabada. Dei um nome mais moderno, mas naquela época era chamado de Torta de Goiabada mesmo.


A minha tia sempre fazia e eu peguei a receita com ela. Simplesmente não resisto a esta iguaria tão simples e tão fácil de ser confecionada. Eu declaradamente adoro goiabada, mas quem não gosta, pode substituir por outro artigo de sua preferência, assim como geléias ou frutas frescas.

Eu fiz meia receita e obtive cerca de 20 barrinhas. Optei por fazê-las não muito altas, para não ficarem muito massudas, já que a massa é bem rica. Convém sempre ficar de olho no forno para evitar que fiquem excessivamente douradas. As minhas passaram 2 minutos do ponto, mas ainda assim ficaram deliciosas!


Ingredientes:

500 g de farinha de trigo
250 g de açúcar refinado
4 colheres sopa de fermento*
1 pitada de sal (acrescentei por conta)
2 ovos ligeiramente batidos
160 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
300 g de goibada cortada em cubos


Modo de Preparar:

Colocar todos os ingredientes em uma vasilha grande e misturar bem com a ponta dos dedos, até obter uma farofa graúda. Colocar cerca de 2/3 da farofa num pirex levemente untado. Por cima colocar os cubinhos de goiabada espaçados uns dos outros até cobrir toda a superfície. Por cima colocar o restante da farofa. Levar para assar em forno pré-aquecido a 190ºC (375º) por exatos 20 minutos ou até a farofa ficar levemente dourada. Cuidado para não passar do ponto. Convém ficar por perto. Remover do forno, deixar esfriar um pouco. Cortar em quadrados regulares e guardar em um vidro ou lata para biscoitos.


UPDATE 1 (18.mar.2009):
Uma querida leitora me questionou sobre a quantidade de fermento da receita. Eu, inicialmente, me esqueci de comentar sobre isto. Me desculpem.
Quando peguei a receita, achei estranha esta grande quantidade de fermento indicada. Como se trata de uma receita bem antiga, anotada num velho caderno de receitas da época em que era adolescente, não tenho como verificar ao certo agora qual a quantidade correta. Eu suponho que talvez a quantidade indicada fosse 4 colheres chá. Faz mais sentido.
Da próxima vez que eu fizer, vou testar usando apenas 1 colher sopa de fermento e depois sem fermento para ver o resultado. Qualquer coisa volto aqui para deixar um feed-back, ok?

UPDATE 2 (06.jun.2009): Uma amiga da Comunidade Culinária-Receitas, a Tati, fez a receita e usou apenas 1 colher sopa de fermento. Ela notou que a massa cresce um pouco e o resultado foi perfeito. Obrigada Tati!

BUONA PASQUA!


36 comentários:

Rivera disse...

Que delicia! E é mesmo fácil de fazer. Eu fazia mesmo assim porque sou maluca por goiabada!

Manuela © disse...

Deve ser óptimo!
Já estou a imaginar essa goiabada a derreter :D

Claudia disse...

Clauzinha,

Ficaram lindas de morrer as barrinhas de torta de goiabada. Vou ter que fazer a tua receita, assim que der, pois estou com duas latas de goiabada em casa. Todo mundo sabe que eu amo e mandam para mim.
Crisp é um nome bem americaninho, mas internacional. Eu uso as vezes o nome britânico: crumble.

Beijos,

C.

Marcia Gullo disse...

Claudinha do céu, aqui em casa somos todos fãs de goiabada. A molecada nem quer saber do "Romeu" só comem a "Julieta", hahahaha.
E essa receita alem de gostosa e muito facil, né??
Bejus querida e inté.

José Roberto disse...

Oi Claudia, td bem!!!Delícia essa receita, o visual ficou maravilhoso.
Quanto a esfiha, eu citei a palavra recheio, mas poderia ser cobertura, lembrando que ela ficará com bordas e aberta somente no meio e para dar o formato de triângulo, a massa deverá ser aberta em formato de círculo como a esfiha normal, a seguir faz´se as três laterais.
Bjus amiga...

mesa para 4 disse...

Que delícia...ficou lindo...beijinho

Anônimo disse...

Claudia deve ficar uma delícia!!!! Eu adoro goiabinhas. lembra????
Aqui no Brasil fazia parte da infância das crianças...Deve ficar muito bom.
Vou fazer, com certeza.
Um grande beijo
Simone Polessi

Rosane Vargas disse...

Ficou muito apetitoso... gostei da "modernizada" no nome hehehe.

beijos

ameixa seca disse...

E bem simples de fazer, que bom :)

Gina disse...

É bem fácil de fazer e você pode mudar o recheio a gosto, né?
Boa sorte no desafio!
Gostei do clippart dos coelhos.
Bjs.

Nana disse...

Clau, obrigada linda pela participação.
Adorei a receita!
Bjs

Magia na Cozinha disse...

Rivera eu tb adoro goiabada e não resisto a esta delícia!

Manuela fico com água na boca só de pensar...

Claudia aqui encontro a goiabada da marca espanhola GOYA. Achei que crisp ficou mais charmosa que torta neste caso. Crumble é uma ótima opção tb.
Esta receita é simples e saborosa. Acho que vc vai gostar.

Marcia parece que muita gente aprecia a goiabada. Eu gosto muito e nunca faltou na minha casa.

Obrigada José Roberto! Que bom que vc gostou!
Obrigada tb peas dicas sobre a esfiha. Agora eu entendi melhor. Como nunca fiz, fiquei em dúvida.
Já posso pensar em fazer!

Obrigada Mesa para 4!

Simone que prazer tê-la comentado aqui no blog!
Me lembro super bem das goiabinhas. Que delícia!
Eu comia, quando moava no RJ. Na minha cidade natal não tinha.
Aqui encontro num mercado brasileiro, mas ainda não comprei.
Apareça sempre!

Rosane obrigada. Eu tb adorei!

Simples e rápido Ameixinha!

Gina obrigada! Sim, vc usa o que preferir, sem problemas.
Eu tb amei estes coelhinhos. De vez em qundo fico catando essas ffurinhas na net.

Nana o prazer foi meu. Fico feliz que tenha gostado da receita!

Bjs amigos e bom início de fim-de-semana! :)

Edilia disse...

Adorei esta receita,deve ser muito boa,e fácil.
Edilia

Magia na Cozinha disse...

Edília obrigada pela visita!
Que bom que vc gostou. Vale conferir!
É uam delícia!
Bjs :)

Paula disse...

Hum, boa pedida para a criançada levar no lanche da escola. Eu adorava levar pão, banana e goiabada.
Engraçado, todo mundo parece que tem uma lembrança da infância envolvendo goiabada...
Biejos
Uma semana iluminada!

Marlene disse...

Claudinha que delícia de torta de goiabada! Amo goiabada e receita de família então! Claudinha toda vez que venho ao teu blog tenho que correr e comer um potinho de gelatina diet pra não quebrar a dieta rsrs!
beijos

Magia na Cozinha disse...

Paul, e verdade! Eu adoro goiabada e me lembra minha infância. Época feliz que a gente comia de tudo e não engordava.
É uma boa idéia para complementar Para o lanche das crianças com certeza!

Marlene uando vc sair da dieta já tem uma boa dica para experimentar. Eu tenho que voltar a encarar a minha, mas o frio me dá uma fome... Ainda bem a primavera já está chegando!

Bjs amigas! :)

Luciana B. disse...

Hummm.. este foi para a lista das "receitas imperdíveis", vou fazer :)
Um beijo

Silvinha disse...

Que delìcia, Claudia! Essas barrinhas são òtimas p/ qdo bate aquela fome fora de hora :)

Beijo!

Magia na Cozinha disse...

Lu que bom que gostaste! Eu não resisto!

Silvinha nem me fale!

Bjs :)

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Que delicia!
Acabamos de voltar de uma viagem gastronômica e não podemos ver comida por meses, até as medidas voltarem ao normal...rs!
Beijocas,

Laurinha disse...

Eu adoro goiabada.... (de goiaba, não quero nem distância... báh! num gosto...)
Sempre tenho um pedaço em casa... anotada!
Beijinhos

Magia na Cozinha disse...

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos eu entendo perfeitamente, hehe...
Guarde a sugestão para depois.

Laurinha eu já gosto de ambas!

Bjs :)

Vivian disse...

Claudia, eu faço essa torta, mas no meu recheio vai um creme de leite condensado, hiper calórico, vou mudar pra goiaba

bjks

Magia na Cozinha disse...

Vivian eu tento fugir de tudo que vai leite condensado, justamente por isso.
Tomara que vc goste desta para variar um pouquinho.
Bjs :)

Talita disse...

Que maravilha de cuca!! E a torta de palmito do post anterior, então... fiquei com água na boca!

Magia na Cozinha disse...

Talita obrigada pela visita!
Fico muito feliz que tenha gostado das sugestões.
Apareça sempre!
Bjs :)

Cris disse...

Ah que delícia Claudia, este crocantezinho por cima.... tudo com goiabada é bom. Adorei os coelhinhos, bjs!

Magia na Cozinha disse...

Cris obrigada! Nem me fale... Estes quadradinhos são uma tentação irresistível!
Tb adoro os coelhinhos!
Bjs :)

Anônimo disse...

quero parabenizar pela receita muito bacana ,sua combinação foi perfeita,continue trazendo delicias para nos .
grande abraço.

Magia na Cozinha disse...

Amigo obrigada!
Bjs :)

Marcia Gullo disse...

Oi Claudinha, eu fiquei na duvida em uma coisinha, a receita pede 4 col sopa de fermento, é isso mesmo,??? eu fiz mais não usei 4 usei 2 colheres de sopa(e que meu fermende acabou).

Quando vc me confirmar eu faço o post la no BLOG DA GULLO, ta bom??
pode me mandar um email se preferir:
marcia-gullo@ig.com.br

Brigada minha linda e inté.

Magia na Cozinha disse...

Marcia eu tb achei estranho quando li a receita para ser sincera com vc. Como eu fiz só a metade da receita, usei só 2, mas achei um exagero.
Vou até colocar uma nota no blog quanto a isto.
Como é uma receita muito antiga eu não tenho como checar. Mas se a sua receita funcionou bem com duas vc pode manter ou ainda reduzir para uma colher de sopa somente. Eu nem sei porque esta receita leva fermento.
Vc pode e deve modificar se achar que está incorreto e por a boca no trombone, hehe.
Espero que tenha gostado!
Beijocas :)

Marcia Gullo disse...

Claudinha, fiz sua receita e já postei la no BLOG DA GULLO. Ficou uma delicia, todos aqui em casa adoraram (eu principalmente).
Depois de uma passadinha la no blog pra ver, ta bom??

Bejus e brigada.

Magia na Cozinha disse...

Ok Marcia!
Vou conferir com certeza!
Bjs :)

Diana disse...

Como você, adoro goiabada. Já fiz este doce uma vez, na minha era pré-bloggeira e todos adoramos e hoje estou com ele no forno para postar em meu blog: http://deliciastestadaseaprovadas.blogspot.com/
Por isso entrei no teu apra poder colocar os créditos a quem corresponde e aproeitei para me tornar tua seguidora! Um abraço!